gustavo

9 de julho de 2011

Deu na Imprensa: Professora Amanda Gurgel se recusa a receber prêmio

A professora Amanda Gurgel, que ficou conhecida após fazer um discurso na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte a respeito da situação da educação no Estado – que resultou num vídeo acessado por mais de um milhão de internautas no YouTube – recusou, no sábado 2, receber um prêmio oferecido em sua homenagem pela associação Pensamento Nacional de Bases Empresariais.


Veja o vídeo neste link

A organização havia dedicado a ela o prêmio 2011 na categoria “educador de valor”. Em sua justificativa, a professora destacou que, “embora exista desde 1994, esta é a primeira vez que esse prêmio é destinado a uma professora”.

“Esse mesmo prêmio foi antes de mim destinado à Fundação Bradesco, à Fundação Victor Civita (editora Abril), ao Canal Futura (mantido pela Rede Globo) e a empresários da educação. Em categorias diferentes também foram agraciadas com ele corporações como Banco Itaú, Embraer, Natura Cosméticos, McDonald’s, Brasil Telecon e Casas Bahia, bem como a políticos tradicionais como Fernando Henrique Cardoso, Pedro Simon, Gabriel Chalita e Marina Silva. A minha luta é muito diferente dessas instituições, empresas e personalidades”, justificou.

Amanda Gurgel, que em seu discurso na Assembleia se queixou do salário que recebe como professora e da situação do sistema de ensino no País, disse que seus projetos são “diametralmente diferentes daqueles que norteiam o PNBE”, grupo mantido por empresários paulistas e, segundo ela, comprometida apenas com “a economia de mercado”, “à mercantilização do ensino e ao modelo empreendedorista”.

Entre as reivindicações da professora, manifestadas em seu site pessoal, estão a valorização do trabalho docente e a elevação para 10% da destinação do Produto Interno Bruto para a educação.

“Não quero que nenhum centavo seja dirigido para organizações que se autodenominam amigas ou parceiras da escola, mas que encaram estas apenas como uma oportunidade de marketing ou, simplesmente, de negócios e desoneração fiscal”, escreveu ela, antes de dizer que não poderia aceitar o prêmio.

13 comentários:

Marcelo Machado disse...

PARABÉNS! AO RETORNAR PRA SALA DE AULA LEVAREI SUA ATITUDE COMO EXEMPLO A SER SEGUIDO. INFORMO LAMENTAVELMENTE, QUE A GREVE EM SANTA CATARINA ESTÁ ESFACELADA. 19 DOS 30 MUNICÍPIOS JÁ QUEBRARAM A GREVE VOLTANDO AO TRABALHO E SABE O QUE É MAIS TRISTE: PERCEBER QUE MUITA GENTE QUE ADERIU A GREVE NÃO SABIA PELO QUE ESTAVA LUTANDO. DEFINITIVAMENTE NÃO DEVERIAM ESTAR ENSINANDO, MAS ANTES APRENDENDO. TALVEZ SEJA REFLEXO DE DÉCADAS DE DESCASO COM A EDUCAÇÃO E O CRESCENTE NÚMERO DE PROFESSORES ACTs, POR FALTA DE CONCURSOS PÚBLICOS. SINTO VERGONHA DOS PROFESSORES DO ESTADO DE SANTA CATARINA, DITO UM ESTADO DITOSO ECONOMICAMENTE, MAS MUITO COVARDE!

FABIANO disse...

CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO COLEGA, TAMBÉM SOU PROFESSOR CATARINENSE, ENQUANTO UM ESTIVER EM GREVE COMIGO SOMOS DOIS.

Luciana disse...

Sou professora do Estado do Rio de Janeiro. E muito me envergonho em dizer que sou a única professora da minha escola que está em greve. Sei que a luta é grande, às vezes desanimo. Mas encontro forças para continuar lutando em exemplos de cidadãos como a Amanda e outros colegas da categoria. Não vamos nos calar! Parabéns Amanda!

Jenefer Cullen Neto disse...

Adorei seu blog! tudo!
Qd der, passa no meu tb www.falonacara.com.br
Ja to seguindo o seu!
Bjks e parabens!

Wilson Leite disse...

Professora Amanda, sou da cidade de Imperatriz Maranhão. Eu e toda minha família acompanhamos, também pela tv e Internet, seu chamamento para lutarmos por mais investimento em educação.

Não conseguimos gravar um vídeo, ainda, com um dos profissionais da educação, cheguei a procurar uma dos membros da direção sindical do município mas infelizmente não nos deram atenção, por isso minha filha Ariany se dispôs a ela mesma dar o depoimento sobre a educação em nosso município gostaria que você assistisse e se possível por o vídeo em seu blog.

Segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=JFTApBUQ2gg

Sds,

Wilson Leite
www.blogwilsonleite.blogspot.com

Danilson Moura disse...

A classe dos professores tinha que ser mais unida e fazer uma greve geral em todo o país, aí eu queria ver se esses DESgovernanrtes não iriam se movimentar, o problema é que em muitas cidades, assim como a minha, muitos professores são contratados e ficam com medo de aderir aos movimentos de greve, pois estão na mão dos politicos.
Parabéns Amanda.

Clednews disse...

Amanda, foi um prazer tê-la em Pedro Velho, RN dando sua contribuição para a greve municipal que já tem 43 dias. Sua força nos faz continuar na luta. Piso Salarial Nacional já e garantia de direitos no Plano de Carreira. Esse é o pedido da categoria dos professores. Abraço.

Fátima disse...

OLá, Profa. Amanda

Parabéns pela atitude. Sinceramente,eu pensei que vc sucumbiria à tentação da fama e do poder que, certamente, eu pensava, o mundo iria tentar que seduzir e abafar. Mas, eu estou feliz de ver que errei. Você continua íntegra ao seu propósito. Parabéns! Espero que você não se torne a única voz a gritar que seus colegas de profissão façam uma forte corrente contigo. Pois, muitas vezes, nossos próprios companheiros nos deixam só, transformando-nos em 'heróis', martíres, enquanto ficam sentados esperando o resultado de nossa luta. Firmemente, espero que todos os professores públicos engrossem as fileiras dessa luta.
Abs
Fátima Santos

FENASP/RJ disse...

AMANDA - aquela que é digna de ser AMADA!

Espero que mais brasileiros tenham a dignidade e sigam o exemplo desta professora!

CHEGOU A HORA DE VALORIZARMOS AQUELES QUE COM SUOR, DEDICAÇÃO, PERSEVERANÇA E LÁGRIMAS, CONSTRUÍRAM E AINDA CONSTROEM O BRASIL!

PARABÉNS!!!

rebanho de atores disse...

Coerência, já pedia Paulo Freire. E olha que das ditas exigências para o exercício da docência, essa seja talvez a mais rara. Parabéns!

Lucimar Justino disse...

Parabéns, Professora Amanda Gurgel, pela sua coerência e grandeza!!! Não se vê isso em qualquer lugar, em qualquer pessoa hodiernamente! A sua luta é justa e necessária! E a sua recusa e os motivos dela são um soco na boca do estômago desses que dizem "apoiar" a Educação, mas que, na verdade, apoiam-se NA Educação, para dela extrair, economicamente, o pouco que ainda pode dar. Parabéns!

Lucimar Justino
www.micropoema.blogspot.com

Allan disse...

Caráter,preocupação com a EDUCAÇÃO,com o crescimento educacional não com seu crescimento pessoal,isso que senti ao ler essa publicação.Parabéns professora Amanda,poucas são as pessoas que se preocupam com a educação o tanto que a senhora se preocupa.Mostra não so por esta mais por várias que sua luta não é para se promover e sim para promover,elevar,melhorar a qualidade do ensino público,principalmente aqui no RN.Parabéns.
Estamos nessa a senhora PROFESSORA e eu ALUNO,nós sim sabemos o que passamos,e estaremos juntos nessa até o fim.
Dou a maior força e também uso meu blog para isso
http://allan-j.blogspot.com/

kk-psv disse...

Acho que greve é uma decisão brusca a ser tomada, mas realmente parece, que nessa situação devem ser tomadas decisões bruscas, fico triste pela situação da educação do Brasil como um todo, onde o estado mais "desenvolvido" é o menos, têm qualidade de educação semelhantes. Alguém precisa reorganizar as questões publicas desse país, mas quem? Acho que essa é uma pergunta que só vai ser respondida, pelo menos para o nosso país, quando a situação chegar no seu limite extremo, como sempre foi. :X

Postar um comentário

 
Design by Free Wordpress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Templates