gustavo

14 de junho de 2011

Neste dia 15, tem audiência sobre o PNE na Câmara dos Deputados

Nesta quarta-feira, 15, estarei em Brasília na reunião da Comissão de Educação e Cultura da Câmara. Junto com outros professores, irei defender lá os 10% do PIB já para a educação. Atualmente, o Brasil aplica menos de 5% em Educação. É por isso que o salário do professor é tão baixo no país inteiro. É preciso que a aplicação dos 10% seja imediata, como parte do Plano Nacional de Educação (PNE), que está sendo discutido no Congresso, pelo Projeto de Lei 8035/10.

No documento que vamos entregar, também há críticas sobre a forma como esse aumento das verbas está sendo previsto no Projeto de Lei. Há uma indefinição muito grande. A proposta é investirmos 10% até 2020? Não podemos esperar, não temos condições de esperar. É muito tempo. A Educação tem pressa! Outro ponto preocupante é o fato de este plano não ser cumprido, como o da década passada, que também estabelecia um aumento do investimento em educação.

Integrando o grupo comigo, estarão sindicalistas e representantes de locais onde os professores estão atualmente em greve, como Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Vamos exigir um posicionamento dos deputados sobre a postura dos governos, como o da governadora Rosalba Ciarlini, que solicitou à Justiça que a greve dos professores do Rio Grande do Norte fosse declarada ilegal.

1 comentários:

José Corsino Monteiro Júnior disse...

GREVE GERAL!!!
Os professores de todos os Estados brasileiros deveriam entrar em greve.
Onde estão as Centrais Sindicais!!!
Juntos somos mais forte.

Postar um comentário

 
Design by Free Wordpress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Templates