gustavo

11 de julho de 2011

Vídeo: Depoimento de uma aluna de escola pública no Maranhão

Oi gente. Nesse domingo, dia 10, recebi um importante vídeo com o depoimento da estudante Ariany Galeno, de 11 anos, lá da cidade de Imperatriz, no Maranhão. Ariany cursa o 7º ano numa escola pública do município e, junto com seu pai, resolveu gravar o vídeo para denunciar as condições precárias da educação e somar forças na luta pelos 10% do PIB Já.

Fiquei muito contente em ver que nossa campanha está chegando a todos os lugares do país. Agradeço de coração a contribuição da jovem Ariany e de seu pai. E aproveito para fazer um pedido a tod@s os meus colegas da educação no Brasil inteiro: façam seus vídeos com suas denúncias e mandem para cá. É preciso transformar toda essa nossa angústia em ação. Abaixo, o vídeo da Ariany.

4 comentários:

Jacque disse...

Parabéns a você linda aluna e ao seu pai corajoso e lutador.
É desta forma que vamos tornar conhecidos os acontecimentos da Educação Brasileira. Desejar o melhor, receber auxílio e viver mudanças necessárias é o que sonhamos para dar continuidade ao futuro do país. Quem não é visto não é lembrado... Abraços,Prof. Jacqueline Schalm, Blumenau/SC

cynara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cynara disse...

Parabéns a aluna e ao seu pai pela coragem!
Sou acadêmica de Pedagogia- Universidade Federal Do Maranhão,campus de Imperatriz, e reintero as palavras que descrevem as condições de ensino em nossa cidade, tenho consciência que isso não se restringe somente a nossa cidade, mas sim a todo o país.
Também acredito que juntos, nós, profissionais da educação, alunos, e pais, se nos unirmos, somaremos forças para que os sonhos se tornem realidade!
Um grande abraço .

Adnelson Araújo disse...

Muito boa a iniciativa sua, prof Amanda, e daqueles que fazem os vídeos e denunciam. Gostaria apenas de informar que as generalizações são fruto de uma consciência ainda ingênua e que acabam por não perceber a luta dentro das escolas públicas. Estou na direção de uma escola pública e a fala de que os diretores exercem pressão é equivocada, quando generalizada. Temos muitos diretores que estão na luta pela melhoria da escola pública e precisam entrar cada vez mais nessa luta também. Muitos são apenas instrumentos do Estado, assim como o Estado é instrumento da burguesia. Parabéns mais uma vez.

Postar um comentário

 
Design by Free Wordpress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Templates